ESTUDO / NAMORO

Estudo / Namoro

Júlio e Míriam Rezende

Publicado em 01.07.2003



1. O QUE É UM RELACIONAMENTO A TRÊS?

"De modo que não são mais dois, porém uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem" Mt 19, 6

Cônjuges são as partes de um casal.O cônjuge do marido é a mulher, e o cônjuge da mulher é o marido. A palavra cônjuge quer dizer "debaixo do mesmo jugo". Significativo, né?

      Vamos ver o que a Palavra de Deus diz sobre jugo desigual em 2 Cor 6, 14 e 15: "Não vos ponhais em jugo desigual com os infiéis. Pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?"

      Neste estudo, subentendemos que você já teve uma experiência com Cristo, e que no seu relacionamento os dois caminham juntos na fé.
      Lv 19, 19 diz: "Guardarás os meus estatutos. Não permitirás que os teus animais se acasalem com os de espécie diferente. Não semearás no teu campo duas espécies de semente. Não usarás vestes de dois tecidos diferentes." Semelhante a isso também encontramos em Dt 22, 9 - 11: "Não semearás a vinha com duas espécies de semente, para que não degenere o fruto da semente que semeaste nem o produto da vinha. Não lavrarás com boi e jumento juntamente. Não usará roupa de lã e linho juntamente."

      Em uma fita cassete, o Pr. Glênio Fonseca Paranaguá conta a história de uma moça que foi perguntar para um outro pastor o que ele achava dela se casar com um rapaz que não era crente, e este a perguntou:

    - Você é nascida de novo?
    - Sim, sou.
    - Bem, se você é nascida de novo, você é filha espiritual de Deus. Já ele, é filho espiritual do diabo.
    - Mas pastor, eu tenho certeza de que eu o amo. Aí ele disse:
    - Tudo bem, se você não se importar com o seu sogro...".

      Muitas pessoas acham que o amor humano valida e supera todas as situações, mas isto não é verdade. Tudo é justificado pelo amor ou pela falta dele.Só o amor entre duas pessoas não sustenta um relacionamento.Isto é uma mentira que o mundo nos coloca como sendo verdadeira.

      Só o amor de Deus e a sua graça em Cristo supera todas as coisas e sustenta o casal unido.

      Se você se encontra nessa situação, não precisa entrar em desespero. Nós recebemos a solução: Jesus Cristo! Saiba que Ele é o único que pode mudar esta situação. E também quero que você saiba que eu e meu marido, numa primeira fase do nosso namoro, estávamos juntos por nossa vontade, porque achávamos que conseguíamos. Quando vimos que não dava, Deus fez com que nós nos separássemos, para que Ele pudesse nos tratar, cada um individualmente. Depois disso, Ele nos juntou novamente. Nem eu queria mais, mas Ele queria.

      E agora estamos aqui, pra falar pra você, que nós vivenciamos um namoro sem Cristo, e que nós sofremos muito estando fora da vontade de Deus. E você não precisa sofrer o que nós sofremos. Mas nós temos um Pai que é imensamente misericordioso e que quer o melhor para nós.

      A gente tem costumado dizer que existem dois tipos de casamento: "o casamento em Cristo", e "o casamento em crise". Qual dos dois você quer ter? Um provérbio do mundo diz que "um é pouco, dois é bom, e três é demais"; mas com Jesus, podemos dizer categoricamente: "um é pouco, dois é bom e três é excelente!"


2. CONDIÇÕES PARA UM RELACIONAMENTO A TRÊS:

      Em primeiro lugar: que você saiba que um autêntico relacionamento a três é impossível aos homens;

      Você não tem capacidade de fazer um casamento dar certo, mesmo achando e tendo certeza de que tem. Vocês podem permanecer casados a vida inteira sem Deus, até mesmo ser um bom casal, mas sem a vida de Cristo, separados dele, certamente, seu casamento fracassará.

      Se vocês, como casal, olharem para o mundo e imaginar um casamento acima da média, saibam que serão apenas medíocres acima da média. Temos que olhar para o Senhor e para sua palavra porque é Ele que nos garante uma vida repleta de prosperidade em todas as áreas e circunstâncias.

      O mundo nos fala em cumplicidade, o Senhor fala em comunhão; vejamos a diferença:
      Cúmplice: pessoa que tomou parte em um delito ou crime

      Comunhão: participação em comum em crenças, interesses ou idéias.

      O relacionamento que Deus tem para vocês aponta exclusivamente para uma direção: Jesus.

      Para os casais de namorados ou noivos que estão tomando decisões contrárias a Deus e deixando sua Palavra à parte, como: manter relações sexuais, fazer financiamentos e dívidas, desobedecendo a seus pais, dizemos:

    - Deus é contra tudo isso.
    - Vocês acham que Deus é que está unindo vocês?

Saibam de uma coisa: DEUS NÃO ESTÁ NISSO, Ele não pode compartilhar com isso e também não pode ir contra a Sua palavra.

      Sem a vida de Cristo, sem santidade não há relacionamento a três.

      Deus quis trazer o homem para a sua comunhão, por isso ele enviou a Cristo, e é por meio dEle que temos acesso ao casamento pleno e vitorioso, como a Miriam falou no começo.
Por isso dizemos que "é necessário que o vosso namoro nasça de Deus".

      Se ele nasceu de vocês, peçam a Deus para que o tome, porque a melhor coisa que nós podemos fazer por nós mesmos é obedecer ao Senhor.

      Assim podemos afirmar que as principais condições para um autêntico relacionamento a três são:

  • Reconheçam seus limites para manterem um casamento;

  • Arrependam-se de verdade de práticas contrárias à boa, perfeita e agradável vontade de Deus;

  • Creiam que Deus se agrada de seus filhos e quer o melhor casamento do mundo para eles.

  • Entreguem e descansem naquele que venceu, Jesus Cristo.


3. O QUE DEUS QUER FAZER NO NOSSO NAMORO



      Deus quer que tenhamos unidade, pois muitos casais estão vivendo fora daquilo que Deus idealizou para a vida deles. As pessoas se preocupam muito se poderão ser felizes com tal pessoa, ao invés de se perguntarem se poderão fazer a tal pessoa feliz. Isto é; queremos TER um companheiro, mas não queremos SER companheiros. É muito importante consigamos perceber o que a unidade do casal pode produzir em suas vidas, e então nós seremos desafiados a preservá-la .

      Jesus nos disse que a unidade e a concordância permitem que Deus aja em nossas vidas. Mt 18, 19-20: " Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus. Pois onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou eu no meio deles."

      Para Deus, quando dois se unem, o efeito não é de soma, mas de multiplicação. Dt 32, 30: "Como poderia um só perseguir mil, e dois pôr em fuga dez mil, se a sua Rocha não os tivesse vendido, e o Senhor não os tivesse entregue?"

      Ec 4, 12: "Se alguém quiser prevalecer contra um, dois lhe resistirão. O cordão de três dobras não se quebra tão depressa."

      A unidade também traz consigo algumas virtudes: a cobertura recíproca e a transparência.

      Quanto à cobertura recíproca, podemos ver isto numa das figuras bíblicas do Tabernáculo. O propiciatório da arca da aliança mostra bem este princípio. Ali era o lugar onde a glória e a presença divina se manifestava. E nas instruções para a confecção desta peça, vemos o simbolismo da unidade. Deus disse que os dois querubins deveriam ser uma só peça de ouro batido; com isto, falava simbolicamente da unidade entre seus adoradores. Ex 25,19: "Farás um querubim numa extremidade e outro na outra extremidade; de uma só peça com o propiciatório fareis os querubins nas duas extremidades dele."

      Os querubins deveriam estar com as asas estendidas um para o outro. Ex 25 a 20: "Os querubins estenderão as sua asas por cima, cobrindo com elas o propiciatório." É aí que entra aquela virtude da cobertura recíproca. A falta de unidade nos leva a agir com o espírito de Caim , que disse ao Senhor em Gn 4: 9 : "Disse o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele respondeu: Não sei. Acaso sou eu guardador de meu irmão?" Mas quando estamos em unidade com alguém, cobrimos e protegemos essa pessoa.

      A outra virtude é a transparência. Os querubins deveriam estar de frente um para o outro.Ex 25, 20b: "Estarão eles com o rosto voltado um para o outro, o rosto dos querubins estará voltado para o propiciatório."

      Isto fala alegoricamente de poder encarar outro adorador "olho no olho", de não ter nada escondido, de não ter pendências. É difícil concordar com casais que escondem coisas um do outro, sejam coisas que dizem respeito à sua vida passada (erros e pecados) ou presente (como situação financeira, por exemplo). A unidade manifesta a verdade (às vezes dolorosa) de uma forma mais mansa.

      Veja o que nos escreveu Abraham Lincoln:

"Um sonho começa a ser realidade quando homens e mulheres sonham juntos, olham para além das limitações e ousam caminhar caminhos novos, às vezes pedregosos, às vezes escorregadios, sempre desafiantes.

Não obstante, nenhuma dificuldade, nenhum obstáculo é mais angustiante do que se caminhar solitário... sem mãos que se tocam, sem ombros que se apóiam, sem olhos que se olham..."



      Outra questão num relacionamento a três, é o acordo.O acordo é indispensável num relacionamento, como nós já vimos na Bíblia , em Amós 3,3: "Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?". Também vemos isso em Tg 3, 16: "Pois onde há inveja e sentimento faccioso, aí há confusão e toda obra má."

      O acordo é uma porta aberta para a ação de Deus. É claro que não é fácil de se ajustar satisfatoriamente numa relação. As diferenças são muitas: na formação de cada um, na personalidade, temperamento, e, ainda por cima, as diferenças entre homem e mulher. Contudo, quando nós aprendemos a ter o caráter e os ensinos de Cristo como denominador comum, aí poderemos conseguir o ajuste por meio de ceder, perdoar, recomeçar, etc...

      A Bíblia nos diz para perdoarmos uns aos outros. Se vocês não exercitam o perdão, vocês estão excluindo a vontade de Deus da vida de vocês. Mesmo um casal que parecia estar bem ajustado em seu período de namoro e noivado, vai descobrir a necessidade de fazer novos ajustes no decorrer do casamento. Não é tão fácil, mas também não é impossível. Se não estivesse ao nosso alcance, Deus estaria sendo injusto ao cobrar isto de nós. Mas não só é possível, como também é uma arma poderosa para nós cristãos.

4. TODOS QUEREMOS UM CASAMENTO FELIZ

      O nosso Deus é um Deus de pacto e de aliança.

      Salmo 128: "Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás e tudo te irá bem. A tua mulher será como videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Assim é abençoado o homem que teme ao Senhor. O Senhor te abençoe de Sião todos os dias da tua vida, para que vejas a prosperidade de Jerusalém, e vivas para ver os filhos de teus filhos. Paz seja sobre Israel."

      O casal deve cultivar a sua comunhão com Cristo diariamente, juntos e individualmente, para não dar lugar ao diabo. Quanto mais perto os dois estiverem de Jesus, muito mais próximos um do outro vocês vão estar. Se um dos dois não estiver tendo uma intimidade muito próxima com o Senhor, com certeza vai afetar o relacionamento.

      Vamos ver o que diz em Mt 6, 33: "Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." Isto quer dizer que o Senhor se preocupa com cada detalhe das nossas vidas, inclusive o nosso namoro.

      Ninguém está isento dos problemas e das coisas ruins que acontecem em todo tipo de relacionamento, mas se você estiver firmando na Rocha, que é Cristo, tudo ficará mais fácil de ser superado. Isto pode ser visto em Mt 7,24 - 27: "Portanto todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica, será semelhante ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. Desceu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa; contudo, ela não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. Aquele que ouve estas minhas palavras, mas não as cumpre, será comparado ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. Desceu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos, e deram contra aquela casa, e ela caiu, e foi grande a sua queda."

      Não se engane! Se você não tem um relacionamento com Deus, a qualidade do seu casamento será muito comprometida. Talvez até no começo do relacionamento a gente consiga, por nós mesmos, levar a relação numa boa. O homem é "capaz" de muitas coisas. Mas depois isso começa a cansar, principalmente quando uma das partes não está muito disposta a colaborar. E aí, a vontade do relacionamento dar certo começa a ficar um fardo muito pesado de ser carregado. Então acontecem as separações, os divórcios e muito sofrimento.

      Nós não somos o "casal espiritual". Nós também temos os nossos desentendimentos de vez em quando.Mas quando é o Senhor quem nos guia e nos orienta no relacionamento, ficamos livres para fazer a vontade Dele para as nossas vidas: sermos felizes e curtirmos vários momentos! Com toda a certeza o Senhor quer a nossa felicidade, Ele quer o melhor para nós!

      O casamento em Cristo tem que ser sempre uma linha ascendente. O Senhor quer o melhor para nós, então, nós não aceitamos nada menos do que o melhor para o nosso relacionamento. Amanhã, eu quero que o meu casamento seja melhor do que está hoje, e assim por diante.

      Saibam com toda a verdade que Deus, em Cristo, predestinou um casamento perfeito para cada um de vocês, creiam!
Amém.

Julio e Miriam Rezende fazem parte da liderança do Ministério de  Jovens "Livres em Cristo" da Primeira Igreja Batista em Londrina.


Referências:

Bíblia Sagrada

Fita cassete n.º 42 - JUGO DIVINO, de Glênio Fonseca Paranaguá. Ministério da Pregação da Palavra de Deus. Primeira Igreja Batista de Londrina

Jesussite.com.Br ; Estudos Bíblicos / Família. Capturado em abril de 2003; Artigos:

CÔNJUGES: AMIGOS E AMANTES, de Takayoshi Katagiri;

PASSOS PARA UM CASAMENTO FELIZ, de Pr. Arnaldo Sarmento e Pra. Fátima Sarmento;

UNIDADE ENTRE O CASAL, de Luciano Subirá.

 

 


VoltarEnviar páginaImprimir páginaComentar


Avenida Paraná, 76 - A - Próximo ao Calçadão - Londrina - Paraná - Brasil
Ministério Jovem Livres Em Cristo - Primeira Igreja Batista em Londrina